Skip to main content

Audiências de Dragon Ball Super no Japão

Será que Dragon Ball Super está a perder audiências após o fiasco na qualidade de animação do episódio 5?

Dragon Ball Super - Episódio 05
Olá, sou o kogu!

A audiência do quinto episódio de Dragon Ball Super difere ao do episódio anterior, mas permanece na mesma posição, entre os animes mais assistidos da semana: 03 de agosto (segunda-feira) a 09 de agosto (domingo) de 2015.

O Dragon Ball Super ocupou a quinta posição, atrás dos mesmos de sempre: Sazae-san, One Piece, Chibi Maruko-chan e Detective Conan.

Confere a informação completa:

1) Sazae-san – FUJI TV – 09/08 – 18:30 – 11.9%
2) One Piece – FUJI TV – 09/08 – 09:30 – 8.3%
3) Chibi Maruko-chan – FUJI TV – 09/08 – 18:00 – 8.0%
4) Detetive Conan – Nippon Television – 08/07 – 18:00 – 7.5%
5) Dragon Ball Super – FUJI TV – 09/08 – 9:00 – 5.3%
6) Yo-Kai Watch – TV Tokyo – 07/08 – 18:30 – 5.1%
7) Go! Princess PreCure! – TV Asahi – 09/08 – 08:30 – 2.8%
8) My Love Story!! – Nippon Television – 05/08 – 01:29 – 2.7%
9) Denpa Kyoushi – Nippon Television – 08/08 – 17:30 – 2.7%
10) Anpaman – Nippon Television – 08/07 – 16:20 – 2.4%

Não sabemos se a queda da audiência de um episódio até então muito aguardado pelos fãs foi influenciada por aquilo que foi o assunto da semana para os fãs de Dragon Ball. Para quem ainda não sabe, o quinto episódio trouxe algo que os fãs de animes em geral já estão até de certa forma habituados: a baixa qualidade/orçamento das animações actuais.

Com quadros horrivelmente mal animados e mal desenhados, a Internet explodiu em críticas, algumas coerentes e outras exageradas. Além dos já esperadíssimos memes.

De qualquer forma, críticas precisam de ter algum fundamento. E em parte há um fundamento. Dragon Ball Super é o novo segmento da franquia de Dragon Ball que já movimenta um mercado de milhões de dólares. Parece lógico que se o produto principal não tiver uma qualidade aceitável, de uma forma que desagrade e afaste o seu público alvo, a sua receita cairá ao ponto de justificar até o cancelamento prematuro da então nova série.

As críticas funcionam como um termómetro para que a TOEI saiba o que realmente incomoda o fã. Não que o estúdio seja lá também um grande exemplo em considerar a opinião dos fãs, até porque há anos que a TOEI vem entregando animações com qualidade risível (Caso do Omega ou do actual Sailor Moon Crystal). Mas principalmente com a existência das redes sociais, as pesadas críticas em relação a esse episódio, podem gerar preocupação para a empresa.

O facto é que houve um bom trabalho nos quatro primeiros episódios e não há nada que justifique que um dos episódios mais aguardados da série (o combate entre Goku e Beerus), tivesse uma qualidade tão destoante entre os demais episódios. Sendo que o maior problema em particular não está especificamente relacionado ao número de quadros de animações, mas sim na forma como os personagens foram desenhados.

Sites prestigiados também avaliaram de forma negativa a qualidade de animação e o traço do quinto episódio de Dragon Ball Super. Segue alguns links:

Kotaku, famoso blog de jogos eletrónicos:
http://kotaku.com/dragon-ball-super-looks-super-crappy-1723059211

Hobby Consolas, popular revista espanhola de jogos eletrónicos:
http://www.hobbyconsolas.com/noticias/dragon-ball-super-por-que-goku-sale-tan-mal-123938

Dorkly, famosa página de comédia relacionada a jogos:
http://www.dorkly.com/post/75697/everyones-bummed-about-dragon-ball-supers-weird-janky-animation

E também motivada pela grande repercussão negativa deste episódio, uma petição francesa pede a TOEI melhorias na qualidade das animações da então nova série. Na nossa última visita (às 20:00 de 26 de Agosto), a petição já contava com mais de 19 mil assinaturas virtuais. Aliás, os interessados em participar na petição podem aceder ao link (a petição está em francês, porém é bem intuitiva): https://goo.gl/prccjS

Bom, aqui fica a nossa opinião: a direcção de animação responsável pelo quinto episódio não soube, pelo menos, utilizar os quadros correctos nas cenas estáticas e nas cenas de looping. A animação até poderia ter um número de quadros reduzidos (o que já acontece e que ainda é questionável) e as cenas de acção serem de péssima qualidade artística (ou seja, fora da estética padrão da série), mas NUNCA deveria permitir que tais cenas fossem facilmente visíveis para o telespectador, durante a transmissão.

Seja como for, o episódio 6 já entrou nos eixos e o episódio desta semana está com uma animação soberba.

E a título de curiosidade, maioria das séries actuais, apesar de serem transmitidas na TV com falhas na animação, sejam gafes como animações má realizadas por falta de tempo ou de mão-de-obra qualificada, acabam por sair corrigidas aquando saída em Blu-ray. Portanto, caros seguidores, tenham fé nisso!

error: Conteúdo Protegido!
%d bloggers like this: